Conteúdo

20 de junho de 2017
Stresse e trabalho: uma relação perigosa

Como você se sente quando pensa no seu trabalho? Triste? Desmotivado?… E quando chega domingo à tarde e você já imagina a segunda feira chegando? Bate aquele desespero?

Você já parou para pensar que essas sensações podem estar relacionadas ao stress?

Você sabia que o stress pode levar ao adoecimento?

Vamos conversar um pouco sobre esse assunto?

Para começarmos nossa conversa, vamos fazer uma reflexão:

Ao sair do trabalho, você chega em casa termina suas atividades e vai dormir, seu sono é tranquilo? No outro dia você acorda disposto a voltar para o trabalho?

Se a resposta foi “sim”, que bom! Significa que você estava apenas cansado. Mas se a resposta foi “não”, cuidado! Significa que você está tendo um gasto maior de energia, o que pode se relacionar ao stress.

O stress é uma resposta fisiológica e comportamental normal a algo que aconteceu ou está para acontecer que nos faz sentir ameaçados ou que, de alguma forma, perturba o nosso equilíbrio. Quando nos sentimos em perigo real ou imaginado, as defesas do organismo reagem rapidamente, num processo automático conhecido como reação de “luta ou fuga” ou de “congelamento”.

O stress no trabalho tem sido considerado umas das maiores causas de doenças na atualidade. O aumento da competitividade, as novas tendências tecnológicas, as pressões no ambiente de trabalho, a sensação de desvalorização, a imposição por parte das chefias, são algumas das causas que levam a um maior gasto de energia para se manter dentro do ambiente de trabalho.

Além disso, é necessário um aumento da jornada laboral, para adaptar as mudanças da empresa, intensificando o ritmo de trabalho. Essa intensidade vem em oposição ao bem estar necessário à qualidade de vida no ambiente profissional, se tornado assim, prejudicial a sua saúde.

Esse excesso por sua vez, significa que o trabalhador ultrapassou seus limites, causando um esgotamento, resultando na redução de sua energia mental, gerando o stress.

Tanto o trabalhador, quanto o empregador devem ficar atentos aos seguintes sintomas:

– Taquicardia

– Tensão muscular

– Boca seca

– Dores no estômago

– Mãos suadas e frias

– Sensação de cansaço

– Dificuldade de memorização.

Em caso de sentir alguns desses sintomas é necessário buscar ajuda profissional. Os sintomas do stress devem ser encarados de maneira séria, para se reestabelecer seu bem estar.

 

 

Referências:

http://www.saudebemestar.pt/pt/blog-saude/stress/

Imagem retirada do Google

 

Compartilhe