Conteúdo

14 de julho de 2020
O que é ansiedade patológica e como lidar?

O ser humano é um ser de relações, temos a necessidade de ligações significativas com outras pessoas, e a partir dos relacionamentos que enfrentamos diversos conflitos existenciais, entre eles a preocupação exagerada com diversas coisas que temos que enfrentar no nosso dia a dia, e tudo isso nos causa uma certa ansiedade.
Mas até que ponto a ansiedade pode ser considerada normal?
Lembrando que a ansiedade normal, aquela que todos nós temos, é considerada natural e não há nenhum problema em ser um pouco ansioso, desde que, não se torne algo que nos impede de realizar nossos compromissos e levar uma vida plena,dentro dos padrões exigidos onde temos que desempenhar nossos papéis sociais.
O grande problema sempre foi quanto ao excesso, quando a ansiedade chega ao ponto de ser considerada patológica, ou seja, quando causa disfunções tanto psicológicas quanto fisiológicas, podendo impossibilitar a pessoa de ter uma vida normal e produtiva, trazendo também diversas consequências em outras áreas, principalmente nos relacionamentos interpessoais.
A ansiedade patológica é considerada como uma grande excitação, dificuldade em parar de se preocupar, mesmo em situações corriqueiras, trazendo como consequências: alteração no sono, irritabilidade, cansaço e fadiga constantes, também pode estar ligada ao desempenho de papéis, ao medo do palco, um certo receio de audiência, o que acontece
quando no contato social, eu estiver frente a outras pessoas. Outras vezes pode estar ligada as expectativas que a pessoa tem com relação ao futuro, a insegurança, ao medo de não ser aceito ( rejeição), ao novo e diferente, entre outras situações do cotidiano.
Nas situações de ansiedade há uma tensão entre o agora e o depois, um sofrimento psíquico intenso que causa muito desconforto, que muitas vezes a pessoa sente necessidade de preencher um certo vazio.
Quando reagimos de forma exacerbada às dificuldades do dia a dia, acabamos por adoecer. Muitas pessoas são impedidas de realizarem seus sonhos e objetivos de vida por causa da ansiedade, e se sentem aprisionadas por esse sentimento ruim e desconfortável.
Então, como lidar com a ansiedade?
As nossas emoções estão muito ligadas aos nossos pensamentos e ao nosso comportamento. Adotar hábitos saudáveis na sua rotina ajuda na promoção de seu bem-estar físico e mental. Aprender a se conhecer melhor e identificar quais situações lhe causam ansiedade e desconforto, reconhecer o que precisa ser mudado, encontrar
atividades que promovam prazer e equilíbrio, recomeçar quantas vezes for preciso, ser coerente com seus motivos, aceitar da melhor maneira possível seus estados emocionais, lembrando sempre que estamos em constante aprendizado e que ninguém precisa ser perfeito, seja apenas você mesmo (a) e enfrente seus anseios e medos, sendo honesto (a) e mais flexível, se ame e se respeite mais, cuide -se bem.
Sua atitude diante das situações da vida está baseada no sentido que a vida tem pra você. Quando se sentir muito ansioso (a) e preocupado ( a) e perceber que isso está lhe causando prejuízos e desconforto no seu dia a dia, não hesite em buscar por ajuda qualificada.

.

Autora:

GLÁUCIA RODRIGUES MOREIRA PEREIRA | Psicóloga – CRP 09/12910

Estagiária na Pax Clínica Psiquiátrica por 2 anos; Estagiária no CEJA — Centro de educação de jovens e adultos por 1 ano, acompanhamento estudantil profissional; Estagiária na Associação Pestallozi — 1 ano, acompanhamento de jovens especiais; Outros cursos específicos como: Avaliações das funções em pacientes depressivos; Psicopatia e autores de violência sexual; Traços de personalidade socialmente aversivos; Violência e vulnerabilidade em diferentes contextos e suas consequências; Reuniões, palestras e treinamentos.

Compartilhe